sábado, 15 de outubro de 2011

O conceito de op art





 Op-art é uma expressão que vem do inglês “optical art”, significar arte óptica. Usa como lema para arte menos expressão e mais visualização. A intenção da op-art é retratar um mundo precário e instável, que se modifica a cada instante. Ganhou força na metade da década de 1950, mais a op-art passou por um processo de desenvolvimento relativamente lento.

A op-art possui obras num geral abstratas, e as obras mais conhecidas são apenas em preto e branco, o que chama atenção na op-art são as sensações passadas pra quem observa as obras, elas dão a impressão de movimento, clarões ou vibração, ou em algumas vezes parecem inchar ou deformar-se.




As cores apareceram na op-art com a finalidade de passar ilusões ópticas ao observador, os artistas usam tons vibrantes e círculos concêntricos, para criar a ideia de movimento e interação entre os objetos e os fundos. A seleção de cores a serem utilizadas nas obras são geralmente feitas pelo grande contraste que causam e dos diferentes níveis de iluminação, explorando a criação de formas virtuais e efeitos ópticos

  • Para chegar à escolha do conceito de op art para o projeto, foram levados em conta alguns fatores, como o fato de as obras de artes feitas nesse estilo se assemelharem as pinturas feitas através do stecil. Algumas obras causam uma ilusão de ótica de que a imagem esta inchando, se expandindo, parecendo ser maior do que ela realmente é, e essa é uma das ideias para o quarto, dar a impressão de que o ambiente é maior do que ele é., mudando, procurando evoluir.

  •             Um dos fatores foi também o fato de que as obras do op art nem sempre são aquilo que parecem, tem a intenção de causar uma ilusão de ótica, que muitas vezes passa a impressão de movimento, distorção, expansão entre outros, a cliente Karine possui algumas semelhanças com o op art, já que pra quem a vê, ela muitas vezes não aparenta ser aquilo que realmente é, esta sempre em movimento.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário